Termina Hoje Prazo para Microempreendedores Refinanciar Dívidas

9 de julho de 2018

 

 

 

O refinanciamento será feito pelo Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. A adesão ao chamado Refis permite que a dívida seja parcelada em até 180 vezes, com redução de juros e multas.

 

 

De acordo com o Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, mais de 320 mil empreendedores que estavam na dívida ativa da União já aderiram ao programa.

 

 

Estão aptos ao refinanciamento os devedores do regime Simples Nacional e do Microempreendedor Individual que tem débitos vencidos até novembro do ano passado.

 

 

Levantamento da Receita Federal aponta que, até abril deste ano, em todo o país, cerca de 3 milhões e setecentas mil empresas de pequeno porte estavam inadimplentes, somando uma dívida de mais de R$ 32 bilhões. As regiões Sudeste e Nordeste lideram em número de devedores do Simples Nacional e microempreendedores individuais.

 

 

Os que mantiverem a dívida em aberto e não regularizarem a situação junto à Receita, poderão ser impedidos de emitir Certidão Negativa de Débitos e até excluídos do Simples Nacional. As empresas que já foram excluídas do Simples em janeiro por não quitarem débitos também podem ser beneficiadas pelo Refis.

 

 

 

Fonte: EBC
Fonte: Portal Contábil SC